O Atributo Bravura

Bravura é um atributo tratado de maneira diferente. Ele não deve existir para todo e qualquer personagem, na verdade, sua disponibilidade depende do MJ. Mesmo assim é recomendável que somente PJs o tenham.

Este é o único atributo que não se encaixa em nenhuma das três categorias. Ele é como se fosse uma força oculta dentro do personagem que é liberada quando o mesmo se encontra em perigo ou, até mesmo, quando seus amados se encontram em perigo.

Seu valor começa no zero e vai até cinco. Para cada vez que o personagem perder uma quantidade de PVs equivalente a PB (Ponto de Bravura ganho por ponto de vida perdido), Bravura receberá 1 ponto. Mesmo que o personagem recobre os PVs perdidos, os pontos de Bravura permanecerão.

Quando Bravura alcançar 5, o personagem poderá gastá-los para executar um ato que ele jamais conseguiria fazer normalmente. Escolha uma das seguintes manobras durante a criação do personagem para ele poder fazer gastando Bravura.

  • Super Ataque: o personagem faz um ataque normal e em seguida dobre o resultado dos dados de dano. Esse ataque acerta automaticamente, mas o alvo ainda pode testar DF.

  • Ataques Extras: faz um ataque para cada ponto de DS que possui em um único turno, todos com testes normais sem redutor por ataque, mas reduza em 2 a Esquiva do alvo cumulativamente para cada ataque após o primeiro.

  • Mágica Perfeita: faz uma mágica qualquer que possua, sem gasto de PMs, com acerto automático e sem chance de resistência à não ser para DF do personagem(sem equipamentos). Isto gera inúmeras possibilidades, como envenenar automaticamente e até ignorar por completo, por exemplo, uma absorção elementalcausando, então, dano normal.

  • Acerto Crítico: acerta um teste qualquer tirando 1 no dado de teste. Se for um ataque, por exemplo, gera um Acerto Crítico. De fato esta manobra pode ser usada fora de batalhas de maneira bem útil.

  • Ougi: o personagem tem um ou mais SPs que só podem ser realizados mediante o uso de Bravura.

Claro que você pode inventar outros. Para saber o valor de PB, divida os PVs máximos por 6 e arredonde o resultado para baixo se os PVs forem maior que 10. Caso contrário, isto é, PV = 10 ou menos, PB será 1.

Exemplo: PV 26, logo PB será 4 e a cada 4 PVs perdidos, o PJ ganha Bravura + 1. Mantenha um registro mental (ou não) dos PVs conforme o PJ os vai perdendo. Assim, ainda no exemplo, se o mesmo PJ perde 2 PVs em um ataque, depois perde mais 3, ele ganhou 1 de Bravura (2+3=5, 5–4=1). Aí ele perdeu mais 3 PVs e com isso ganhou mais 1 de Bravura.
O MJ pode conceder um ou mais pontos de Bravura em situações críticas também, como nos exemplos abaixo:

  • O PJ teve dois ou três ataques completamente defendidos (quando o resultado dos dados da DF é duas vezes maior que o resultado do dano do atacante).

  • Um aliado é abatido (PVs = zero).

  • Acabaram os PMs e não se pode usar Mana. Este caso é mais interessante para PJs que tenham escolhido Mágica Perfeita.

  • Inocentes em perigo eminente.

Anúncios

Um comentário sobre “O Atributo Bravura

  1. Pingback: Tabelas | Bravura & Esperança

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s